Cinturão Abdominal Lombar

     Por serem de caráter repetitivo as atividades laborais acabam causando estresse nos músculos envolvidos em tais tarefas. Torna-se então inevitável o desencadeamento da dor aguda e posteriormente crônica. A imposição de posturas que exigem tensões contínuas resultante de algumas atividades ocupacionais pode desencadear a LBP (LBP, abrev. do inglês low-back pain), fruto de espasmos musculares com ou sem o agravo da compressão dos nervos espinhais ou ainda por anormalidades dos discos vertebrais, que podem ter a sua origem na disfunção dos músculos abdominais, eretores da coluna e posteriores da coxa.
     Sabidamente a dor crônica da região lombar (LBP)tem sido uma das principais causas do absenteísmo-doença. Estima-se que esta queixa seja a doença mais cara da vida adulta relacionada ao trabalho. Inúmeras tentativas de manejo na posição de execução das atividades laborais do tipo tarefas de levantamento de carga (TLC) têm sido propostas a fim de minimizar tal problema.
     A órtese ou cinturão  abdominal lombar(CAL)DIGITADOR utilizado para proteção dos músculos da região lombar tem sido alvo de pesquisas a fim de determinar o seu efeito sobre a região lombar durante ou após a TLC (tarefa de levantamento de carga). Recentemente pesquisas apontaram que o CAL (Cinturão Abdominal Lombar) DIGITADOR fornece um efeito protetor sobre a região lombar e assim minimiza o surgimento da dor aguda e posteriormente crônica.Algumas características fundamentais no cinturão abdominal lombar DIGITADOR possibilitaram este resultado .O CAL Digitador possui uma placa protetora na região lombar que promove uma sustentação positiva na região e o material estrutural do cinturão fabricado em lona contribui significativamente na eficiência do produto promovendo maior sustentação na região abdominal e lombar,outra característica é sua modelagem eficiente que adapta aos tamanhos dos indivíduos. 
     Estudos que buscaram identificar as causas da fadiga muscular durante as atividades laborais tem demonstrado que existe uma clara associação epidemiologia entre as exigências ergonômicas e os transtornos músculo-esqueléticos e que a fadiga dos músculos extensores da coluna pode representar um fator de risco  para o desenvolvimento da LBP .
Muitos autores propõem REGRAS para o levantamento de cargas, como Sullivan (1989), que sugere para um levantamento seguro, observar o plano de levantamento, a manutenção da carga próximo ao corpo, evitar a rotação do tronco enquanto se levanta, flexionar os joelhos.


     As regras muitas vezes são de difícil aplicação, pois dependem do tamanho do indivíduo, forma e posição no espaço e dos hábitos daquele que levanta o peso, seis princípios devem ser observados: 1) pés planos no solo 2) pernas afastadas numa distância cômoda (aproximadamente 30cm), 3) peso‚ mantido o mais próximo possível do indivíduo; 4), a coluna vertebral‚ mantida na posição o mais ereta possível; 5) o levantamento ‚ realizado pelos músculos maiores e mais fortes, em geral os músculos extensores da articulação do joelho; 6) indivíduo voltado para a direção daquilo que pretende deslocar. Um levantamento seguro de um objeto ao nível do solo, requer que o trabalhador mantenha a coluna lombar ereta, fletindo os joelhos para abaixar o corpo, e levantar com os músculos da perna, manter o objeto próximo ao corpo, levantar de maneira lenta sem solavancos, girar com os pés em vez do tronco e posicionar corretamente pés, queixo, braços e mãos. Que os objetos sejam levantados suavemente, tenham moderada largura, e que as mãos estejam mantidas seguras no objeto a ser levantado e que existam favoráveis condições de temperatura. A capacidade para o levantamento é maior quando as mãos estão próximas ao joelho e é menor quando a carga está na altura da cintura ao contrário para a altura do joelho ou ombro. Isto devido a pobre vantagem mecânica dos braços e da coluna lombar no nível da cintura.
     Partindo dessa premissa o uso do cinto abdominal lombar DIGITADOR durante a tarefa de levantamento de carga de mesma intensidade em dias diferentes combinados com REGRAS para o levantamento de carga seguro, reduz a sobrecarga espinhal e alterando assim a atividade eletromiográfica (EMG) dos músculos eretores da coluna ou mesmo modificar a resposta da mesma, resultado este de pesquisas recentes.



Denise M.F.Chiaradia
Especialista em ergonomia
Ergonomista certificada ABERGO


 


Clique aqui para conhecer a linha de cinturões da Digitador.
Digitador Soluções Ergonômicas





© 2009 Digitador Soluções Ergonômicas